Monday, June 20, 2011

Combinações - O coração e a Árvore


"O amor à vida, os sentimentos duradouros! A plenitude afetiva mantida pela sabedoria e o bom aproveitamento da vivência de muitas estações. A regeneração afetiva. Aquele que persevera, ouvindo sua voz interior e mantendo-se firme e flexível, adaptando-se às mudanças da vida, tem sucesso.

Aquele que entende que a perda faz parte da vida e é um estado transitório e fortalecedor que antecede a renovação assim como a primavera sucede o inverno, é feliz.


Aquele que entende que o “nós” é algo muito maior do que nós dois, nunca se sentirá só.

O coração se regenera na árvore e a ela cresce com o seu pulsar, e ambos são forte juntos porque dão e recebem e encerram nessa união, o amor à vida e a si mesmos!"


Enraizamento, aprofundamento. Essa dupla sempre reflete algo profundo, estruturado, maduro.

As raízes da árvore vão fundo, assim como os sentimentos mais fortes são aqueles que nos pentram mais profundamente. Sua copa se abre ao sol e doa seus frutos para o mundo, assim como o amor verdadeiro faz germinar, crescer e frutificar nossas melhores qualidades gerando um enorme impulso através de apaixonadas ações realizadoras.

A serenidade e a intensidade de ambos geram uma força enorme e transformam a paixão em amor. Aqui não há fome nem escacez. O sentimento é completo por si só, estando pronto para dividir e não buscar insaciávelmente alimento no outro, gerando vínculos de dependência, apego e ações impulsivas e inconsequentes.

O que é sincero e vem lá de dentro, de sentro de si mesmo, é o certo. De dentro pra fora. Essa é a mágica dessa combinação. Assim como do interior da semente brotou a árvore que, por sua vez, emergiu de dentro da terra, temos aqui o amdurecimento de sentimentos e ideias que dão frutos.

A prosperidade aqui é mais do que mero acúmulo de recursos materiais, o que também está dentro de seu escopo de significação. O que temos nessa dupla é a realização de sonhos há muito ansiados, da aquisição daquilo que nos faz feliz e nos preenche totalmente sem ocupar todo o espaço nos tornando autosuficientes.

Elas, juntas, fixam sem prender; desenvolvem e ampliam, exteriorizam e manifestam poteciais latentes que chegaram no ponto de maturação.

Sou feliz pois tenho, dentro e fora de mim, mais do que preciso, sem que sobre nem falte nada.



Reflexões nas combinações...

Estava eu ontem refletindo sobre uma conversa que tive com meu amigo Nei Naiff, sobre meus estudos, e então decidi dar início a esse trabalho que já está dentro de mim a tanto tempo e agora chegou a hora dele nascer.

Com esse post eu dou início a uma série de reflexões em cima das combinações, assunto que, a meu ver, é muito mal aborado e até empobrecido. Onde se engessam palavras poucas e frias a duplas e trios de cartas perdendoo muito que essa próspera união simbólica tem a oferecer.

Espero que apreciem e comentem contestando, acrescentando, enfim: participando! Afinal, esse é o momento de soma!

Alex





4 comments:

Lilith Selene Ananke Luziara Malik'Esar Sathya Rama Ananda said...

Essa combinação me lembra o título de uma novela LAÇOS DE FAMÍLIA, é bem esse o lema ai ,o crescimento da família com a vinda de um filho,o aprendizado de sermos pais e mães,o amor com raízes profundas mas ao mesmo tempo delicadas,a força da árvore que chamamos mãe,o filho que cresce e precisa ir embora de casa,mas para a mãe será sempre o bebê enfim tudo muito lindo,muito doce... parabéns pela idéia gostei muito pretendo acompanhar os post que virão bjo

JuJacobina said...

Olá! Adorei a sua idéia! A reflexão sobre as combinações estimulam pessoas como eu, que estão começando a aprender sobre o Lenormand, a entender e interpretar da melhor forma possível o significado das combinações. Para mim é um lembrete para jamais equecer de olhar para a simbologia e o lado subjetivo das cartas, além não ficar presa somente no lado mecânico que é tão disseminado mundo à fora. Com certeza estarei acompanhando os próximos posts!

Tato Cunha said...

Que belo Alex ! Sempre acredito que muitas coisas trazemos dentro de nós e quando estamos em sintonia percebemos a hora certa então é compartilhado ! Qto às combinações, me trazem o AMOR em sua real essência:construtor, modificador, propulsor e que é sentido quando se troca, ama e é amado, é a lei da vida. Somos expressão do amor dessa Lei Cósmica que tudo criou e manifesta-se em nós! Impossível amar sem compartilhar, sentimos a emoção que, quando madura, natural é que queiramos compartilhá-la com o próximo.O coração expressando-se na árvore....

Clara said...

Muito BOM!!! Estamos aguardando. Grata.